Primeiro Dia

Por que a Liderança é um dos eixos do PMI e como construí-la - Manuel Bogado

Manuel Bogado falou em sua palestra sobre a essência da liderança, apontando uma reflexão interessantíssima sobre líder e reino animal. Os 4 reinos da liderança seriam:

Reino da hiena: baseado no ego, cargo, hierarquia. Desvaloriza as pessoas, provocando uma alta rotatividade.

Reino do cachorro: baseado no relacionamento, integridade e confiança. Valoriza as pessoas abrindo os canais de comunicação.

Reino do búfalo: a base do líder é o exemplo, aquele que inspira e com isso gera resultados.

Reino do leão: tem enfoque nos outros, reproduzir outros líderes buscando deixar um legado e criar organizações de grande valor.

Como o PMO pode gerar vantagens competitivas e reais na indústria - Santiago Villarroel Ávila

Santiago apresentou um case muito interessante que foi utilizado na Entel, empresa que é a maior de telecomunicações do Chile. Segundo sua apresentação, chamado de modelo hexagonal, a companhia divide seu trabalho em alguns pilares de foco, sendo eles: processos, gestão de talentos, automatização, governança, transferência de conhecimento e gerenciamento de projetos.

Organizações Orientadas a Valor: O Gerenciamento de Projetos no centro da revolução - Thiago Regal

Thiago Regal, ex-presidente do PMIRS, trouxe em sua palestra a importância de colocar o valor acima de todas as outras coisas no momento de definir a estratégia. Para isso, Thiago entende que é necessário que a empresa internalize a estratégia e que  as pessoas estejam focadas naquilo que precisa ser feito e naquilo que se precisa ter foco.

Como se tornar um Líder de PMO bem sucedido (a partir das experiências de quem chegou lá) - Américo Pinto

A palestra do Américo foi muita rica em conhecimento sobre PMO's, carreira e com dicas rápidas sobre o crescimento e evolução de um líder de PMO. Você precisa ter conhecimento para conseguir tornar simples até as coisas mais complexas, compreendendo que não há caminhos certos ou errados e que cada situação depende do contexto que ela está inserida.

Você não precisa seguir a manada e fazer tudo como as pessoas estão fazendo, apenas faça networking para compreender todas as ferramentas que você pode ter e que deve usar a ferramenta certa para resolver o problema certo.

Por final, surgiu um ponto que conclui muito bem todo o crescimento de um líder de PMO: ache uma porta de saída. Isso não significa que você deve iniciar algo já pensando em sair, mas que deve sempre estar atento ao próximo passo que precisa dar para crescer.

Planejamento longo para uma execução rápida em ambientes complexos - Fernando Bartelle, Daniel Alves, Rogerio Severo

Neste painel, os participantes trouxeram sua visão e alguns cases muito interessantes para conversar sobre execução rápida em ambientes complexos.

Rogerio Severo apresentou o case Fast Construction, quando processos e fluxos de trabalho são conhecidos e replanejados para serem feitos. Um exemplo que enriqueceu a tarde e o conhecimento dos participantes do congresso.

Expansão do Shopping Iguatemi - O desafio de construir e manter a operação - João Henrique Freitas Andrade

O desafio de conduzir uma obra de expansão em um shopping enorme e muito movimento enquanto a operação não pode parar e as obras não podem atrapalhar clientes e lojistas.

Esse desafio trouxe uma luz muito interessante sobre a complexidade de conduzir uma obra como essa e gerar valor para tantos stakeholders em conjunto.

A convergência das abordagens atuais de gerenciamento de projetos - Juliano Freitas da Silva, Leandro Vignochi, Jorge Audy

Nesse painel, mediado por Juliano Freitas da Silva, a dupla de consultores trouxe alguns aspectos interessantes sobre a auto organização das equipes e essência daquilo que realmente significa ser auto organizado.

Ainda falou sobre a essência dos projetos e do gerenciamento de projetos em si e as mudanças na organização.

O impacto do Guia PMBoK 6ª edição na gestão de projetos e nas certificações do PMI - Mauro Sotille

Mauro Sotille trouxe as novidades do PMBoK 6 e os impactos dessa mudança no profissional de gerenciamento de projetos.

Uma interessante palestra que mostrou para todos com muita clareza como o PMI enxergou as mudanças no mercado e entender como se preparar para aplicar essas mudanças no dia a dia.

Gestão pública e o planejamento de projetos - Cláudio Leite Gastal

Cláudio falou sobre a importância de realmente conhecer o setor público e todas as suas nuances para conseguir sugerir soluções que se encaixem bem para cada tipo de problema.

Para conseguir um trabalho de qualidade e de resultado, Cláudio aponta que é importante também salientar o alinhamento quase que vital entre esfera municipal, estadual e federal.

Gestão de Portfólios: escalando projetos de forma ágil - Daiane Castro, Eduardo Anflor, Fernando Horn, Pablo Garateguy, Patricia Knebel

O primeiro dia de Congresso foi encerrado com esse painel mediado por Juliano Freitas. A atividade contou com a participação de Aline Boyde, Daiane Castro, Eduardo Anflor, Fernando Horn e Pablo Garateguy que discutiram a respeito da importância de conduzir esse escalonamento de projetos de uma forma que consiga traduzi-los em entrega de valor e benefícios para a organização.


2º Dia

O PMO das instituições financeiras e o desafio de flexibilizar prioridades, agregar mais valor aos stakeholders e gerar benefícios mais rápido para a organização - Celso Recchioni, Gino Trentin, Alexandre Pintoni, Diogenes Justo, Mediador: Dagoberto Trento

Nesse painel, discutiu-se que papel do PMO é primar pela qualidade de informações e garantir a melhoria contínua daquilo que a organização entrega.

Entende-se que o desafio é fazer que os projetos possam gerar valor e trazer benefícios para a organização e serem projetos que façam sentido para a estratégia.

Painel: O desafio dos programas de MBA para transferir conhecimentos aos Gerentes de Projetos - Istefani Carísio de Paula, Ivan Brasil Galvão dos Santos, Eduardo Peres, Iraci Cristina de Carli, Márcio Leandro Michel, Mediador: Alexandre Ramires de Castro

Esse painel trouxe uma interessante discussão a respeito do que vem acontecendo no âmbito educacional dos gerentes de projetos, mais especificamente no MBA's.

O ponto crucial da discussão foi sobre o quanto as diferentes gerações estão tornando o desafio de ensinar gerenciamento de projetos algo totalmente dinâmico.

Projetos também acontecem em âmbitos diferentes - Luciano Miron, Elenara Ribas

Elena Ribas do Hospital Moinhos de Vento e Luciano Miron da Opus Promoções trouxeram uma discussão interessante e diferente para o congresso, falando sobre o desafio de conduzir gerenciamento de projetos em suas diferentes organizações e ambientes.

O interessante aqui foi discutir e entender como as ferramentas de gerenciamento de projetos podem ajudar para a solução de problemas em diferentes tipos de negócios.

Painel: A gestão de Projetos no Ecossistema de Startups - Renato Cunha, Sandro Cortezia, Andre Ghignatti, Guilherme Souto

Flexibilidade foi um ponto chave da discussão sobre o ambiente de startups, afinal, os empreendedores e profissionais envolvidos com startups precisam ser dinâmicos para garantir o crescimento de um negócio em um eixo complexo e desconhecido.

Os ambientes incertos são desafiadores e precisa-se estar preparado para mudar a qualquer momento, encarando com prazer desafios e mudanças constantes.

PMO Grenal - Estratégia e mudança de cenário - Eduardo Lacher, Augusto Scofano Mainieri, Fernando Bartelle

O clássico riograndense também marcou presença no congresso, com uma interessante discussão sobre o contexto de gerenciamento de projetos no Grêmio e no Internacional.

Futebol e estratégia são casados e andam juntos nesses clubes, que precisam ter pensamentos e respostas para curto, médio e longo prazo.

Além disso, os riscos no contexto do esporte são muito grandes e trabalhar com gerenciamento de projetos em ambientes assim é um desafio que sempre necessita de agilidade e flexibilidade.

Monitoramento e controle de Loops em projetos - José Finocchio Jr.

Finocchio sempre traz uma apresentação à parte e dessa vez não foi diferente. O assunto era complexo, mas com sua forma extrovertida e diferente de abordar, todo assunto vira um assunto bacana a ser discutido.

Blockchain, bitcoin, mineração, smart contracts... Tudo isso foi conversado e tratado de uma forma muito simples e direta. Ainda foi destacado que essa evolução tem assustado empresas como os bancos, que percebem que a transformação pode acabar com muitos modelos de negócios.

Gestão e Liderança em terra de conflitos - o projeto do Exército Brasileiro na missão de paz no Haiti - Coronel Romaguera

A palestra de encerramento do congresso foi uma verdadeira aula de gestão e liderança, com um coronel do exército que contou a história e experiências vividas na reconstrução do Haiti.

Liderança é exemplo, e trabalhar com alegria em um ambiente assim é fundamental para um exército que fica longe de sua família com um propósito maior do que cada um deles sozinhos.

Também foi comentado sobre a importância da colaboração entre as pessoas envolvidas com a missão, para que todos estivessem sempre engajados e preparados para qualquer atividade que precisasse ser feita.

O trabalho do líder neste processo foi primordial para que a equipe seguisse as regras e cumprisse a meta.

Autor: William Meller

24 de outubro de 2017