O saldo de uma ação social realizada durante a programação do 13º Congresso de Gestão, Projetos e Liderança (CBGPL), na manhã de 6 de junho, em Porto Alegre, ainda está em aberto. No entanto, a resolução de um problema específico, apontado por cinco instituições não-governamentais da capital, já foi encaminhado.

De forma voluntária, 21 especialistas em gestão de projetos orientaram integrantes das instituições com o objetivo de desenhar iniciativas de solução para problemáticas apontadas por elas.
A partir de uma metodologia híbrida, desenvolvida especialmente para a ocasião pelo diretor de Projetos Sociais do PMIRS, Leandro Vignochi, a ação tinha por finalidade gerar um plano de ação para que cada uma das organizações pudesse seguir com o exercício a partir do evento.

Além dessas inovações propostas na ocasião, que reuniu cerca de 50 pessoas, a equipe de gestão do projeto apresentou outra novidade: foi formada por voluntários do Núcleo Jovem do PMIRS, orientados pela vice-presidência de voluntariado, liderada por Fernando Bartelle, liason no capitulo do PMIef, que é a fundação educacional do PMI que foca práticas nesse âmbito. Os voluntários do Núcleo Jovem do PMIRS participantes foram: Priscila Muller, Aline Dal Bó, Igor Vieira e Laura Pozzobon. Eles também foram auxiliados pelo voluntário Bruno Conte e pelo especialista Luis Igor Strelow.

A abertura do evento teve a presença de Randy Black, diretor do board do PMI Global, que também veio ao CBGPL fazer a palestra inicial. Além deles, estiveram presentes o presidente e o VP de Relações Institucionais e Marketing do PMIRS, respectivamente, Fábio Giordani e Marco Kappel Ribeiro. Outros integrantes foram Ana Carolina Gaeta do PMIef e Ashley do PMI Academy, Michael Fukuda, representando a Microsoft, e Marcelo Margutti, da Supria. Essas duas empresas patrocinaram esta ação social.  

Conheça as organizações convidadas:

AIESEC - movimento de liderança jovem cuja missão é alcançar a paz mundial e o total preenchimento das potencialidades humanas, através do engajamento e desenvolvimento dos jovens.

Instituto Lenon Joel pela Paz – criado dom a finalidade de apoiar e desenvolver ações para defesa, elevação e manutenção da qualidade de vida do ser humano e do meio ambiente, através de atividades educativas, esportivas, culturais e de lazer. O instituto atua a partir de oficinas que buscam criar esse ambiente para crianças carentes.

Junior Achievement tem a missão de Inspirar e preparar jovens, despertando seu espirito empreendedor para serem bem sucedidos na sociedade e em uma economia globalizada, transformando-os em cidadãos qualificados e realizados, que possam contribuir positivamente para o desenvolvimento sustentável do Brasil.

Pão dos Pobres - fundada em 1985, hoje atende 1,4 mil crianças e adolescentes em seus projetos. A missão da instituição é potencializar o desenvolvimento integral dessas crianças e adolescentes numa perspectiva solidária, construída por meio de práticas socioeducativas.

WimBelemDon - é um projeto social criado no ano de 2000 com objetivo de promover a inclusão de crianças e adolescentes em situação de risco e/ou vulnerabilidade social, fomentando o desenvolvimento integral de cada um, educando e estimulando-os ao protagonismo.

26 de junho de 2018