O que é mais importante na liderança de times remotos? Como se adaptar às diferenças culturais para se tornar um líder de sucesso? Essas e outras questões foram compartilhadas na live no Instagram @pmi_riograndedosul, na terça-feira, 21/04.

As lives são uma ação do PMIRS Online, programa que reúne uma série de entregas e serviços digitais do Capítulo.

A convidada desta semana, Yaravi Cardoze, do Panamá, Global Talent Transformation Director for Remote Services da Dell, ressaltou que a comunicação é uma habilidade essencial neste momento em que os líderes precisam, antes de tudo, colaborar para a redução da carga de estresse presente no dia a dia das pessoas.

Por isso, a inteligência emocional se sobressai também. O líder sempre tem que se comunicar considerando motivações pessoais dos integrantes de um time, e os hábitos culturais. E neste momento, considerando a situação de isolamento, dialogar sobre o que cada um está passando passou a ser fundamental para manter o engajamento dos integrantes de uma equipe. Falar sobre a relação com os filhos e demais presentes em casa, que passou a se tornar também o local de trabalho, tornou-se pauta comum.

Neste cenário, os times estão tendo que equilibrar trabalho e dia a dia doméstico, incluindo o cuidado e a educação dos filhos. O momento exige que não pensemos só no escopo do projeto, no conteúdo técnico, mas também no que está acontecendo com as pessoas envolvidas neles. Isso fortalece a segurança psicológica dos times.

“Empatia com as distintas situações é muito importante.”

E para o portfólio de projetos, de programas, é o momento de fazer uma reavaliação (inclusive dos riscos) e dar prioridades diferentes, a fim de diminuir o nível de estresse e ansiedade.

Portanto, a frequência de comunicação diária com os integrantes de um time deve ser medida. Reforçar a habilidade de storytelling e deixar as reuniões mais divertidas, gostosas e flexíveis é o ideal.

Mais do que nunca o esforço deve ser garantir a saúde emocional das pessoas, e saber que as entregas não virão no mesmo ritmo que antes.

“Vamos nos focar nas oportunidades que o momento oferece. Pensemos positivo!”

 

22 de abril de 2020