Durante o 14º Congresso de Gerenciamento de Projetos do PMIRS, que aconteceu entre os dias 18 e 21 de outubro, no Centro de Eventos da PUCRS, em Porto Alegre, o PMIRS apresentou mais uma inovação: seu Núcleo Jovem.


A ideia é de inclusão e empoderamento de jovens entre 15 e 23 anos dentro do capítulo. A criação do Núcleo Jovem simboliza a entrega de um projeto incluído no programa chamado de “GPs do Futuro”, e que será liderado pela diretoria de Projetos Sociais. A iniciativa visa a formação completa de novos profissionais dentro do PMI.


De acordo o diretor Fernando Bartelle, esse trabalho é muito pautado em levar o Gerenciamento de Projetos à realidade atual dos jovens, para que possam ser trazidos para a vivência da área, através do convívio e da mentoria de profissionais experientes.

A primeira etapa desse programa é justamente a criação do Núcleo Jovem, que tem como objetivo levar o conhecimento até o jovem. “Essa é a grande diferença desse projeto e do programa”, relata Bartelle. Ele explica que a ação está alinhada aos programas educacionais do PMI que são fomentados pelo PMIef através de três frentes: qualificação em projetos, bolsas e prêmios, trabalho com juventude, principalmente, ensino fundamental, e trabalho com ONGs, fundações e outras instituições sem fins lucrativos, para dar de volta à sociedade.

31 de outubro de 2017